Bob Dylan ganhou o prémio Nobel da literatura na semana que se passou. Algo de extraordinário, sem dúvida, ver-se alguém afastado do mundo dito literário receber a maior honra que um escritor pode ter no seu portefólio. Abriu-se um precedente e, na minha opinião, tentou-se revolucionar a definição de literatura. A Academia Sueca veio dizer que o prémio lhe foi atribuído por “ter criado novos mo ...

Ler artigo completo