A memória coletiva costuma ser de curto prazo. É de forma passageira e breve que sofremos com as grandes tragédias que acontecem no mundo. Tomamos uma posição neutra, muitas vezes por causa da velocidade ofegante com que vivemos as nossas vidas ou só porque não nos afetam e implicam diretamente, no concreto do nosso quotidiano. Esquecemo-nos que este é o mundo do qual também fa ...

Ler artigo completo

"Basta lembrar que a “Saudade”, tão portuguesa, tão nossa, tão brilhantemente posta por palavras nos fados de Amália não tem, de acordo com muitos, tradução para o inglês. Mesmo que tenha, não será a mesma, não será a nossa “Saudade”, será outra. Outra qualquer, incapaz de representar as emoções que subjazem à nossa."

Um dos traços mais marcantes do mundo de hoje é, i ...

Ler artigo completo