Sexta-feira. Final de tarde. Estava eu mais dois estendidos na relva de um miradouro de Lisboa, com um céu dos que já todos vimos mas parece sempre que não. Dezenas de pessoas aproveitam o bom tempo, a vista, os amigos, e a cerveja. O ambiente era patrocinado por uma banda amadora e de rua, repleta de talentos inatos que a industria generosamente descartou e permitiu que continuassem a animar a ...

Ler artigo completo

Portugal já não decide sozinho. E isto é bom e mau ao mesmo tempo. O que parece porém ser certo, é que este jogo de regras novas não pode ser jogado como antes, pois isso levar-nos-ia inexoravelmente à derrota.

Fomos habituados a pensar que a política e a economia se desenhavam do lado de dentro das nossas fronteiras geográficas. Que, de alguma maneira, a influência euro ...

Ler artigo completo

"Aos extremos, aqueles que tocam na ferida da Democracia, pergunto: apelam à liberdade de expressão de todos ou àquela que acreditam ser a melhor? Se assim é, não estarão próximos dos ideais totalitaristas?"

Desenganem-se os que pensam que a Democracia é o sistema perfeito, o protótipo da excelência. Desenganem-se os que acreditam que é a Democracia a doutrina oposta a ...

Ler artigo completo

Parece que é de graça, mas não tem graça nenhuma. Comecemos por relembrar que não há almoços grátis. A questão dos transportes em Portugal ainda há-de fazer correr tinta para muitos quilómetros.

Dois dias antes do Natal soube-se que os trabalhadores da CP e respectivos familiares voltaram a poder andar de comboio de graça. Uma medida que tinha sido revertida há três anos e que agora volt ...

Ler artigo completo