Avizinha-se a eleição do novo presidente dos Estados Unidos. Findos os três debates, aproxima-se dos eleitores americanos uma importante decisão – quem encabeçará uma das principais potências mundiais nos previsivelmente conturbados quatro anos seguintes.

As presidenciais americanas de 2016 são de carácter (e importância) invulgarmente internacional. Como é óbvio, dado o poder dos EUA, ...

Ler artigo completo