Na nota enviada ao Presidente da AR na qual expõe os fundamentos da decisão de não promulgar o projecto aprovado, Cavaco Silva apoia-se, essencialmente, em dois argumentos-base

O que aprovou o Parlamento

Foi já no dia 18 de dezembro de 2015 que a Assembleia da República (AR) aprovou a adopção por casais formados por pessoas do mesmo sexo, com os v ...

Ler artigo completo

"Estamos, sem dúvida, do ponto de vista dos intervenientes, perante um dos mais pobres momentos eleitorais portugueses."

Presidenciais à porta, tempo de balanços e perspectivas. A seis dias do acto de sufrágio —o nono para o cargo em Democracia—, o panorama político-eleitoral é francamente negativo. Candidatos, programas e campanhas de uma deprimência ...

Ler artigo completo