Dona Elisa.

O que deixou para trás não sabe dizer. Deixou a certeza de que ficou sempre aquém do que poderia ter sido. Nasceu em 1925, em Xabregas. Diz ser do Beato e Beata por sinal. Vê em Deus a solução de uma vida, entrega-se a Ele como se de um marido se tratasse. À vida nunca pediu muito e ela deu-lhe tanto. Quando era pequena acreditava na felicidade eterna e nos casais que ficavam juntos para sempre ...

Ler artigo completo

Assim que entrava naquele sombrio anfiteatro, o anfiteatro 1 da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, e o observava atenciosamente, [como que uma criança a olhar para um boneco] eu sabia. Sabia que ele seria Presidente da República Portuguesa.

E assim foi, aliás, assim o é. Deixei de ter o privilégio de ser lecionada pelo melhor ensinador de prática comum, é certo. Mas ganhei u ...

Ler artigo completo